Banner Delta Medical TV

Michael J. Fox na luta contra o Parkinson

Quem não se lembra de Marty McFly, personagem marcante que o ator Michael J. Fox viveu na trilogia “De volta para o futuro”. No filme, o rapaz conseguia voltar para o passado – e ir para o futuro – em uma máquina do tempo criada por um cientista excêntrico. O que o ator não conseguiu prever foi a chegada do Parkinson. Michael J. Fox luta contra a doença há mais de vinte anos.

 

No final da década de 90, Michael J. Fox publicou sua autobiografia intitulada “Lucky Man”, que quer dizer “Homem de sorte”, contando da experiência rara de ser uma vítima do Parkinson mesmo sendo tão jovem. E sobre isso que trata esse comovente livro.

Desde então, o ator tem sido quase que um “ativista” da causa, ajudando a arrecadar fundos para pesquisa em células-tronco no intuito de ajudar, um dia, a encontrar a cura para a doença de Parkinson. O protagonista de “De volta para o futuro” é um exemplo de que se uma adversidade surge na vida da gente a melhor maneira de seguir a vida é enfrentá-la. Sempre com esperança e otimismo.

E você lembra da máquina do tempo que Marty Mc Fly usava no filme, um carro que tinha o poder de entrar num túnel do tempo e ir para ano passado ou futuro que ele escolhesse? O Andador Virtual, óculos que por meio de um circuito fechado que reproduz um tabuleiro de xadrez na frente do paciente e pode fazê-lo voltar a andar, parece ter vindo numa dessas viagens ao futuro. A única diferença é que ele existe. Não é ficção. Ele é real e este futuro já chegou! Sim, um óculos que pode fazer quem não andava mais, redescobrir o prazer da caminhada, da autonomia, da vida.

 

Continue navegando e veja como Andador Virtual funciona.